Comunicação > Sindifisco-MG participa de ato público em Brasília pela aprovação da PEC 186/2017

divisoria2

 

Voltar

Diretoria do sindicato também participa de reunião do CD da Fenafisco que discute a reforma da Administração Tributária

13/09/2017 - Nº 283

O presidente do Sindifisco-MG, Lindolfo Fernandes de Castro, os diretores Carlos Roberto dos Santos e Milena Moreira, e os representantes de Uberlândia Carlos Hernane Obalhe da Silva e Francisco Euclides do Vale (aposentados), estão hoje em Brasília, onde participaram, pela manhã, de ato público na Câmara dos Deputados pela aprovação da PEC 186/2017 (Lei Orgânica da Administração Tributária). O ato foi uma iniciativa da Fenafisco e demais entidades que compõem o Fórum Nacional do Fisco e teve como objetivo apresentar à sociedade brasileira a PEC 186 como alternativa à atual crise econômica.

A ideia, segundo a Fenafisco, é mostrar que a crise pode ser enfrentada e revertida por meio da Administração Tributária e do Trabalho, essenciais para o combate à sonegação, à corrupção e ao trabalho escravo, cujas ações se refletem no equilíbrio das contas públicas e no aumento da capacidade de investimento público. Durante a manifestação foi ressaltado que a sonegação de tributos federais subtrai mais de meio trilhão de reais por ano no Brasil. Para reverter esse quadro, que traz prejuízo a toda a sociedade, as entidades representantes do Fisco defendem a autonomia da Administração Tributária, livre de ingerências políticas de governos e de pressões de grupos econômicos.

O ato público, realizado no auditório Nereu Ramos, contou com a presença de vários parlamentares, num indicativo de que essa luta vem ganhando força e que os Fiscos estaduais devem aproveitar o momento para intensificar a mobilização e a pressão sobre o Congresso. Estiveram presentes os deputados Carlos Gomes (PRB/RS), Assis Melo (PCdoB/RS), João Rodrigues (PSD/SC), Luiz Couto (PT/PB), Antonio Carlos Thame  (PV/SP), Aliel Machado (REDE/PR), Edmar Arruda (PSD/PR), Weliton Prado (PROS/MG), Edmilson Rodrigues (PSOL/PA), Décio Lima (PT/DC), Zenaide Maia (PR/RN), Major Olímpio (SD/SP), Glauber Braga (PSOL/RS), Takayama (PSC/PR), Keiko Ota (PSB/SP), Jô Moraes (PCdoB/MG), Tadeu Alencar (PSB/PE), Edmilson Rodrigues (PSOL/PA), Ivan Valente (PSOL/SP), Cabo Sabino (PR/CE), Adelmo Leão (PT/MG), Luíz Carlos Hauly (PSDB/PR), Júlio Delgado (PSB/MG), Veneziano Vital (PMDB/PB), Lincon Portela (PRB/MG), Silvio Costa (PTdoB/PE) e o senador Paulo Paim (PT/RS).

No turno da tarde, os representantes do Sindifisco-MG participam de reunião extraordinária do Conselho Deliberativo da Fenafisco, que tem como pauta a "reforma da Administração Tributária contida no relatório do deputado federal Luiz Carlos Hauly". A reunião prossegue amanhã.

divisoria